Total de visualizações de página

Pesquisar no Site

Postagem RecenteTodas as Notícias recentes que você precisa saber

PF apreende R$ 230 mil em mercadorias com contrabandista

 

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta segunda-feira (16) a operação “Direct”, que visa reprimir a prática do crime de contrabando de produtos eletrônicos e de informática, especialmente os smartphones.

Os agentes da PF cumpriram mandatos de busca e apreensão, expedido pelo juiz da 2ª Vara da Justiça Federal de São José do Rio Preto e prenderam em flagrante um indivíduo, cujo nome não foi revelado, com produtos contrabandeados avaliados em mais de R$ 230 mil e cerca de R$ 17 mil em espécie.

A investigação vinha se arrastando desde junho deste ano. O acusado já teve inclusive apreensões de mercadorias em outra ocasião, avaliadas em R$ 280 mil.  Ele comercializava os produtos importados ilegalmente por meio de redes sociais e aplicativos de conversas, realizando entregas pessoalmente ou via Correios.

O criminoso responde a outros inquéritos. O artigo 334 do Código Penal prevê pena de um a quatro anos de reclusão e pune o crime de descaminho com a apreensão das mercadorias, multa e pagamento de impostos que deixaram de ser recolhidos.

PF apreende R$ 230 mil em mercadorias com contrabandista

 

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta segunda-feira (16) a operação “Direct”, que visa reprimir a prática do crime de contrabando de produtos eletrônicos e de informática, especialmente os smartphones.

Os agentes da PF cumpriram mandatos de busca e apreensão, expedido pelo juiz da 2ª Vara da Justiça Federal de São José do Rio Preto e prenderam em flagrante um indivíduo, cujo nome não foi revelado, com produtos contrabandeados avaliados em mais de R$ 230 mil e cerca de R$ 17 mil em espécie.

A investigação vinha se arrastando desde junho deste ano. O acusado já teve inclusive apreensões de mercadorias em outra ocasião, avaliadas em R$ 280 mil.  Ele comercializava os produtos importados ilegalmente por meio de redes sociais e aplicativos de conversas, realizando entregas pessoalmente ou via Correios.

O criminoso responde a outros inquéritos. O artigo 334 do Código Penal prevê pena de um a quatro anos de reclusão e pune o crime de descaminho com a apreensão das mercadorias, multa e pagamento de impostos que deixaram de ser recolhidos.

Vera Cruz vence o Mistura e conquista o bi-campeonato na 5ª edição da Copa Poty 2019


Não faz muito tempo, apenas um ano, e a equipe do Vera Cruz está tomando gosto de ser campeão. Não fez uma excelente fase de grupos, mas foi vencendo, empatando, e muitas vezes precisou dos pênaltis para passar de fase, mas esta dúvida se apagou no jogo decisivo com a vitória inquestionável sobre o Mistura, por 2 a 1, neste domingo (15), no campo II da Cidade das Crianças, para conquistar o titulo e o bicampeonato da Copa Poty Série A.

 

No inicio, um jogo tendencioso para equilíbrio, o Mistura, dono de melhor campanha pensou em tocar horizontalmente e manter a posse de bola.  O Vera Cruz ao contrario, passou a dominar e ser incisivo na busca pelo gol.  Teve domínio, principalmente em seu meio campo.  Destaque para o meia Renato e o volante Diogo, ambos se uniram e barraram a criação do Mistura que tinha como base o meia Luiz Fernando e Ademir.

 

O primeiro tempo ficou sem abertura de contagem, apenas bola na trave do grande goleiro Alex e muitas chances perdidas pelo Vera Cruz. O Mistura procurou se defender e contra atacar, mas não repetiu as mesmas atuações dos jogos eliminatórios e nem das semifinais, mesmo assim, era um time perigoso, principalmente em bolas paradas.

 

Na segunda etapa, o desenho não mudou, o Vera Cruz continuou marcado como nunca, e pressionando sempre em busca primeiro gol. O técnico Nelsinho fez mudanças no Mistura, mas o setor de criação não fluía, assim não havia nenhum perigo para o goleiro Guilherme. Aos 12 minutos lançamento em profundidade e chute que o goleiro Alex rebateu que na dividida a bola sobrou para Diego Leonel que empurrou para o fundo das redes fazendo 1 a 0 Vera Cruz.

 

O partir do gol, o jogo ficou mais pegado, faltas constantes e mudança de postura do Mistura que logo adiantou suas linhas e foi em busca do empate.  Realmente começou a criar problemas e oportunidades, até reclamou de pênalti duvidoso, mas nada de concreto. A mudança tática deixou o time azul bastante exposto no setor defensivo e o Vera Cruz começou aproveitar disso.  Bolas em profundidade nas costas da zaga passaram a se uma constante.  Não demorou e o meia Cambista recebe na cara do goleiro Alex e não vacila, toca por cobertura e faz 2 a 0 Vera Cruz.

 

Estava decidido, claro que não, o jogo só termina quando o juiz apita o final, o Mistura continuou indo pra cima e a poucos minutos do final, o meia Luiz Fernando sofreu pênalti. Ele mesmo cobrou e diminuiu para 2 a 1, mas o Vera se fechou e como já estava nos acréscimo, foi cauteloso até o apito final do arbitro Paulo Estevão.  Ai foi só comemorar e gritar é bicampeão, bicampeão, quebrando e derrubando a escrita de que nenhum time conseguiu vencer dois campeonatos seguidos na Copa Poty Série A.   

PARCEIROS

SOCIAL

REGIÃO